RESENHA DE A MULHER NA JANELA – POR A.J. FINN
RESENHA DE CONTAGEM REGRESSIVA – POR KEN FOLLETT
RESENHA DE UM SEDUTOR SEM CORAÇÃO – POR LISA KLEYPAS

[TOP] 05 personagens odiados em livros amados

25 janeiro 2018

Olá leitores.

Sabemos que nem tudo é perfeito e que sempre existe aquele personagem que não nos cativa tanto e que até chega a nos incomodar naquele livro que amamos, não é?

Pensando nisso, eu elenquei cinco personagens que não gosto, ou que não me cativaram de cara, mas que nem mesmo isso fez com que os livros deixassem de ser especiais para mim. Bora lá?







5. Simon, da série Instrumentos Mortais - Por Cassandra Clare

Quem leu a série completa percebeu que o Simon mudou muito no decorrer dos livros. Ele começou como um nerd chato e pegajoso que precisava ser salvo o tempo todo e acabava colocando todo mundo em risco e terminou sendo um dos principais responsáveis por salvar a p@$%* toda no último livro. Então, o que posso dizer é que ele me irritou muito no primeiro e no segundo livros, mas eu amei acompanhar o desenvolvimento e a evolução dele no decorrer da história.

Sinopse: Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.







4. Jeb, de O lado mais sombrio - Por A. G. Howard

Trata-se de uma trilogia, mas eu li apenas o primeiro livro, por enquanto. O Jeb é o melhor amigo da personagem principal, a Alyssa, e por quem ela é secretamente apaixonada. Quem lê minhas postagens no blog sabe que eu não curto muito as mocinhas "alface", ou seja, aquela personagem sem personalidade, que não sabe o que quer e que precisa ser salva a cada segundo. Bom, o que posso dizer é o que Jeb é a versão masculina dessas mocinhas "alface".

Sinopse: Alyssa Gardner ouve os pensamentos das plantas e animais. Por enquanto ela consegue esconder as alucinações, mas já conhece o seu destino: terminará num sanatório como sua mãe. A insanidade faz parte da família desde que a sua tataravó, Alice Liddell, falava a Lewis Carroll sobre os seus estranhos sonhos, inspirando-o a escrever o clássico Alice no País das Maravilhas.
Mas talvez ela não seja louca. E talvez as histórias de Carroll não sejam tão fantasiosas quanto possam parecer.
Para quebrar a maldição da loucura na família, Alyssa precisa entrar na toca do coelho e consertar alguns erros cometidos no País das Maravilhas, um lugar repleto de seres estranhos com intenções não reveladas. Alyssa leva consigo o seu amigo da vida real – o superprotetor Jeb –, mas, assim que a jornada começa, ela se vê dividida entre a sensatez deste e a magia perigosa e encantadora de Morfeu, o seu guia no País das Maravilhas.
Ninguém é o que parece no País das Maravilhas. Nem mesmo Alyssa...







3. Mocinhas da Carina Rissi

Não me levem a mal. Eu amo os livros da Carina, mas parece que ela é mestre em criar mocinhas obtusas. Praticamente todas as mocinhas que ela cria metem os pés pelas mãos e fazem o maior estardalhaço para resolverem um problema que nem é tão sério assim, e que, na verdade, os mocinhos acabam resolvendo por elas em uma ou duas páginas. Isso me incomoda um pouco, mas nada que tire o encanto que sinto por esses livros maravilhosos.







2. Kelsey, de A maldição do tigre - Por Colleen Houck

A Kelsey é a supra sumo da chatice quando se trata de personagens femininas em fantasias voltadas ao público juvenil. Indecisa, cheia de traumas que a impedem de tomar decisões, precisa ser salva de tudo, reclama de tudo o tempo todo, não sai daquela sofrência e daquele chororô infinitos. Uma das personagens mais difíceis de aguentar, na minha humilde opinião. Mas nem mesmo ela conseguiu tirar o encanto que senti pelo universo criado pela autora.

Sinopse: Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço.
Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem. A maldição do tigre é o primeiro volume de uma saga fantástica e épica, que apresenta mitos hindus, lugares exóticos e personagens sedutores. Lançado originalmente como e-book, o livro de estreia de Colleen Houck ficou sete semanas no primeiro lugar da lista de mais vendidos da Amazon, entrando depois na do The New York Times.







1. Alyssa, de A chama dentro de nós - por Brittainy C. Cherry

A Aly é extremamente passiva, vive sempre a sombra de alguém e as pessoas pisam nela e ela nunca reage. É a típica mocinha "alface", que de tão passiva, chega num ponto em que o leitor simplesmente não consegue mais sentir empatia e nem torcer por ela, porque ela não vai fazer nada mesmo. No entanto, nem mesmo ela, a protagonista (ou quase isso), impediu que eu desse cinco estrelas para esse livro maravilhoso e tocante.


Sinopse: Logan Silverstone e Alyssa Walters não têm nada em comum. Ele passa os dias contando centavos para pagar o aluguel, sofrendo com a rejeição dos pais e tentando encontrar um rumo para sua vida caótica. Ela, por outro lado, parece ter um futuro brilhante pela frente. Um dia, porém, um simples gesto dá origem a uma improvável amizade. Ao longo dos anos, o sentimento que os une se transforma em algo até então desconhecido para os dois. Alyssa e Logan não conseguem resistir à atração que sempre sentiram um pelo outro e finalmente descobrem o amor. Mas uma tragédia promete separá-los para sempre. Ou pelo menos é isso que eles pensam. Seriam as reviravoltas do destino e as feridas do coração capazes de apagar para sempre a chama que há dentro deles.



Então, é isso.
Espero que tenham gostado do post.
Fiquem de olho que logo tem mais!








Barbara M. Cabalero
Advogada, concurseira e apaixonada por livros desde criança.
Meu gênero favorito é fantasia, mas sou bastante eclética,
leio quase todos os gêneros.
27 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

27 comentários:

  1. Sou louca para ler algo da Rissi, mas mocinhas indecisas não é comigo, sempre me irritam. Infelizmente não li nenhum dos livros mencionados, mas gostei da postagem , principalmente a parte da mocinha alface kkkkk, morri.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mocinha alface é uma referencia ao livro perdida da Carina. Olá, as mocinhas da Carina não são indecisas, na verdade elas são bem determinadas e independentes. O que me incomoda mesmo é que elas metem os pés pelas mãos e fazem a maior confusão para resolverem problemas simples, mas ao mesmo tempo isso confere um aspecto fofo e cômico às obras. Por isso tenho uma relação de amor e ódio com essa mocinhas e garanto que os livros valem muito a pena.

      Excluir
  2. Ainda bem, achei que só eu que tinha achado isso do Jeb, sou muito mais o Morfeu. Beijão!

    escrevendoerbiscando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Dei risada pelas meninas da Carina Rissi porque eu não leio os livros dela mas imagina todos serem chatos? Os outros eu nem sequer li então não posso opinar, mas tem vários que eu acabo querendo dar na cara. Lindas ilustrações.

    ResponderExcluir
  4. Oiii,

    Adorei a listinha, mas ao contrário de você eu amo o Simon desde o primeiro livro, ele sempre foi meu personagem preferido de TMI! Kkkk então mesmo quando ele ficava naquela de “aí sou apaixonado pela Clary e vou ficar atrás dela o tempo todo” ainda assim eu gostava dele rs. Superrr concordo que a Kelsey é total e completamente irritante, o que pra mim só reforça a genia que a Collen Houck é, porque a personagem principal é insuportável, mimizenta e ainda assino a gente se apaixona pela história e acaba torcendo por ela rs.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Ahh adorei essa lista!
    Confesso que fiquei com pena do Simon, mas ele as vezes é chatinho mesmo.
    Vou precisar concordar com as mocinhas da Carina Rissi, naquela série então Perdida, Encontrada, pelo amor de Deus, já desisti de continuar lendo aquela série tamanha frustração.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Os outros livros não li mas amo o Simon de Instrumentos mortais, até na série de Tv kkkkk
    Adorei seu post , parabéns!
    Ahhh talvez de instrumentos eu odeie mais Clary haahhhahah

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Super concordo com a Kelsey! Meu Deus, que menina chata! Empaquei no segundo livro da série, infelizmente... Já as mocinhas da Carina Rissi, acho que ela faz esse perfil por ser o estilo dela, chick-lit e talz, mas concordo que às vezes acaba soando repetitiva essas características.
    Bjos!
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  8. Olá linda,

    A maioria dessas séries eu nunca li. Instrumentos Mortais só comecei, mas larguei na metade.
    As personagens da Carina são testes de paciência hahaha, porque MDS não tem uma que pense antes de agir ou falar, porque eu sei que podemos ser impulsivos, mas todo tempo não dar.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. As personagens da Carina são realmente complicadas. Li "Procura-se um marido" e achei a personagem dificílima de lidar. E já ouvi várias pessoas criticando as personagens dela, parece que não é uma coisa que só eu penso. Eu não conheço os outros personagens, vagamente o Simon, que, se não bem me lembro, tive a mesma impressão que você. Chato quando os personagens que deveriam nos impulsionar a ler o livro acabam nos deixando irritados.

    Beijos,
    http://www.livroapaixonado.com.br

    ResponderExcluir
  10. Que demais esse post, achei linda as imagens com os personagens, fiquei apaixonada e eu nunca li nenhum dos livrinhos que tu trouxestes hoje aqui na postagem, mas pretendo futuramente.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Adorei esse post!
    Tenho várias situações assim! Com livros que amamos, mas as personagens...
    Gostei da sua seleção, mas não li nenhum desses então não posso concordar/discordar.
    Beijinhos
    Rizia Castro - Livroterapias

    ResponderExcluir
  12. Adorei seu post! Nunca vi algo assim.

    É tão fofa essas ilustrações, também tenho vários personagens que não me agrada e infelizmente eles não foram citados na sua postagem rsrs. dá vontade de entrar no livro e tirar esses personagens de lá.

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Ahh que post bacana, rs' sempre tem aqueles personagens que nos irritam, e deixam a história meio chatinha, da sua lista, Simon e irritou bastante, mas como não dei continuidade na série, não me irritou muito! Adoro as mocinhas da Carina Rissi, confesso que tem umas que dá vontade de entrar lá e dar uma sacudida rs' os demais não conheço os personagens, mas quem sabe eu não venha a ler esse livros!

    beijos!


    ResponderExcluir
  14. "Mocinha alface", gostei do termo, rsrs. Que pena que você não gosta da Kelsey, eu li o primeiro livro da série e não me decepcionei com ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O termo é uma referência ao livro Perdida. E a Kelsey do primeiro livro é aceitável. É no terceiro que tive vontade de entrar no livro e esganá-la...

      Excluir
  15. Oi, que postagem legal. concordo sobre Kelsey, de A maldição do tigre, ela é chatinha mesmo. Sobre as personagens da Carina, também concordo, mas não curto o estilo da escrita.

    ResponderExcluir
  16. Simon demorou pra me conquistar tmbm, mais até que vc. Acho que comecei a gostar dele depois do quarto, já no quinto livro, quase perto do fim, antes achava ele um chato. Jeb tmbm não me agradou, mas acho q foi pq eu amava OUTRO personagem e sou uma pessoa fiel! hahahaha
    Beijos,
    Overdose Literária - Paula Juliana
    https://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oiii!!!
    Gostei muito do seu post.
    Tem uns personagens que são insuportáveis mesmo. Em Maze runner, eu não conseguia suportar a personagem Teresa. Nossa ela era falsa demais, e isso acabava me dando tanta raiva. Já vi outros personagens que falavam tanto, que dava vontade de mandar calar a boca. Nunca li nenhum dos livros que você citou, mas gostei demais das suas explicações do por que cada personagem estava no post.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    ODEIO O JEB!ODEEEEEEEIO!Sério personagem mais irritante,chato,babaca que deveria ter morrido,se morreu vou ficar muuuito feliz.
    Kelsey!ALGUÉM QUE ENTENDE MINHA RAIVA POR ESSA MENINA!Personagem chata que fica com um vai e vem de ele não me quer,não sou importante e blá blá blá e aquela história do rabanete,"Eu sou um rabannete",ta bom eu sou um alface.
    Simon eu peguei raiva no primeiro livro kkk.
    Amores e ódios.hahah
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Realmente sempre tem aquele personagem que a gente não suporta nos livros, né? Eu só li o primeiro livro de Instrumentos Mortais e eu não gostei, por sinal, mas eu amo e acompanho a série na Netflix e realmente da pra notar a evolução do Simon. Já em O Lado Mais Sombrio, livro que também não gostei, eu já não fui com a cara do Morfeu e da própria Alyssa, ele eu achei muito irritante e ela não me encantou, não sei dizer bem o porque.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  20. Oiii!

    Eu não li os livros citados nesse post, só os da Carina que eu acho que não é bem ódio. Eu pelo menos não senti isso ao ler os livros dela, só fiquei irritada. Ela leva muiiito a sério as indecisões que um chicklit tem que ter hahahah..


    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Dos livros citados o único que eu li foi o de instrumentos mortais, e isto é, só até o terceiro, mas tenho que confessar que desde o começo que eu acho o Simon um bom personagem.
    Sobre a Carina Rissi: concordo com o que você disse, só pela resenha se nota que as personagens as vezes exageram um pouco em coisas desnecessárias.

    ResponderExcluir
  22. Olá Barbara!!!
    Digamos que nem tanto o Simon, mas a Clary pra mim é a protagonista menos interessante de todos os livros que já li!!!
    E sim, concordo que o Jeb é um personagem irritante e que tira nossa paciência até demais.
    Gostei do post e também tenho personagens que eu detesto mas amo os livros ^^

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Oie
    meu deus, eu concordo completamente com vc em relação as personagens da Carina risse, ao mesmo tempo que adoro os livros da autora, muitas vezes acabo por não curtir tanto por conta das personagens, adorei seu post, muito legal

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Ah! Eu ao as mocinhas de Carina!!! O Jeb eu não lembro muito do personagem porque li o primeiro livro a séculos, mas pretendo dar continuidade esse mês ainda. Não consigo não gostar de todos os personagens da série elements...
    Já os demais, eu não conheço.
    Achei bem legal seu post!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  25. Oi!
    De Instrumentos Mortais li até o livro 4 e confesso que no início o Simon não me ganhava, mas depois passei a gostar dele. rsrs... // As mocinhas da Carina são mesmo desse jeito, mas sabe que gosto? Assim a confusão ficar armada!!
    Beijão!
    https://www.instagram.com/juntodoslivros/
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir

 
© Galáxia de Ideias, VERSION: 01 - BLUE UNIVERSE - janeiro/2018. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Widget inspirado/base do menu por MadlyLuv
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo