RESENHA DE A MULHER NA JANELA – POR A.J. FINN
RESENHA DE CONTAGEM REGRESSIVA – POR KEN FOLLETT
RESENHA DE UM SEDUTOR SEM CORAÇÃO – POR LISA KLEYPAS

[Resenha] Estrelas da sorte - Por Nora Roberts

16 março 2018

Título: Estrelas da sorte
[Trilogia dos guardiões #1]
Autor (a): Nora Roberts
Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Skoob || Goodreads
Compre: Amazon || Submarino

Sinopse: Sasha Riggs é uma artista assombrada por sonhos que transforma em pinturas maravilhosas, cenas que preveem o futuro. Ela nunca conseguiu assumir seu dom, mas desta vez não consegue ignorar as visões que a atormentam e viaja para a ilha grega de Corfu.
É lá que encontra as pessoas com quem sonha: um mágico, um arqueólogo, um viajante, um lutador, um solitário. Elas também foram atraídas por uma força inexplicável. Dotadas de habilidades extraordinárias, cada uma terá um papel fundamental na aventura que as espera: encontrar as míticas Estrelas da Sorte, que caíram do céu, pondo em risco o destino de todos os mundos.
Sasha é quem os mantém unidos e vê no mágico, Bran Killian, um homem de imensa compaixão. Ela tem dificuldade para lidar com sua vidência, mas Bran está lá para apoiá-la. Porém, os dois não devem desviar sua atenção da missão, pois uma ameaça sombria procura corromper tudo que está no caminho para alcançar as estrelas.


 "– Estrelas para Aegle, a brilhante.
– Deveria haver mais. – Celene virou a estrela ardente na mão.
– Um desejo. – Luna se aproximou do mar e deixou a água fria lhe tocar os pés. – Um desejo de cada uma de nós para a rainha, e dentro da estrela. O meu, um coração forte e cheio de esperança.
– Uma mente forte e questionadora. – Celene ergueu para o alto a estrela flamejante.
– E um espírito forte e aventureiro. – Arianrhod ergueu as mãos, uma delas segurando a estrela e a outra na direção da lua. – Que estas estrelas brilhem enquanto os mundos girarem.
– Que espalhem sua luz em nome da rainha, para que todos vejam."

Sasha Righgs era uma pintora talentosa e solitária, que desde muito nova sentia que não se encaixava no mundo em que vivia, pois sempre teve sonhos muito vívidos, que eram  como espécies de premunições, o que afastava as pessoas de si, ou as fazia ficar apenas por curiosidade. Nos sonhos de Sasha, um grupo de pessoas aparecia com alguma frequência, e, conforme tais sonhos passaram a ser mais intensos, instintivamente a artista optou por  fechar sua casa e partir para a ilha de corfu, cenário grego para onde seus sonhos, e os subsequentes desenhos que ela fazia após acordar, indicavam que ela deveria estar e era onde encontraria os outros que apareciam em sua mente. É dessa forma que somente com algumas malas a tiracolo, seus desenhos do grupo fechados em uma pasta, e muito receio, Sasha chega ao local, e em seu primeiro dia lá, conhece Riley, uma das pessoas que aparecia em seus sonhos e revela seu segredo a mulher, o que imediatamente cria uma conexão entre elas, e logo também surge Bran, o terceiro integrante dos sonhos, que agora se apresenta tão lindo e atraente quanto soava nos sonhos de Sasha.


"– É a escuridão, a mãe das mentiras. Não pode jamais ter as estrelas. Eu não gosto de lutar, mas lutaria com vocês para impedi-la. Estamos juntos. – Ela apontou para o desenho. – E vocês são amigos de Sawyer, então também são meus amigos."

Após tentar entender, revelar o que viu e ouvir os outros, Sasha descobre mais sobre a lenda que permeia seus sonhos e por qual motivo está ali. Bran revela-lhe que há muitos anos atrás, em um mundo além do nosso, dava-se a ascensão de uma nova rainha ao trono. nessa ocasião, três deusas reuniram-se, e decidiram que gostariam de dar um presente especial à rainha. Debateram, pensaram, e chegaram à conclusão de que ela deveria receber estrelas, e foi assim que as entregaram. No entanto, um ser maligno, ansiando o poder para si, decretou que tais estrelas um dia cairiam, e que quando caíssem, todo o poder de tal rainha se extinguiria, e em seu lugar reinaria apenas caos e escuridão, a não ser que os que viessem das deusas encontrassem as estrelas novamente. Dessa forma, os três percebem que tem uma grande missão, a de encontrar as estrelas, e também os outros integrantes para que os seis estejam juntos para cumprir a sua missão, no entanto, descobrem também que o caminho à frente não será nada fácil, uma vez que as forças do mal estão à espreita, prontas para destruir o mundo e torná-lo um mar infinito de escuridão, ao mesmo tempo que Sasha e Bran querem salvar a si mesmos, e encontram um novo motivo para lutar, em meio ao amor e atração que surge entre eles.

"– Não sei onde fica isto, mas sei que essas três estrelas não existem. Não sou astrônoma, mas sei. Só que de algum modo elas existiram. E caíram. Veja este. – Ela pegou outro desenho. – As três caindo ao mesmo tempo, deixando rastros como cometas. Temos que encontrá-las."

Mesclando seres míticos, pitadas de contos de fadas, cumplicidade, amizade, força, luta e amor, Nora Roberts constrói em Estrelas da sorte uma história eletrizante, capaz de nos tragar e prender até virarmos a última página, e tem a capacidade intensa de nos deixar ávidos pelo próximo livro da trilogia.

"– Paz. – A palavra sibilou dos lábios desdenhosos de Nerezza. – Paz não é nada além de uma tediosa trégua da escuridão."






Estrelas da sorte foi, desde o dia em que descobri que seria lançado em março de 2018 pela Editora Arqueiro,  uma obra pela qual ansiei muito, e ao mesmo tempo receei muito. O fato de ansiar se deve a ser uma história de Nora Roberts, autora de quem gosto muito, mas receei por ser um enredo que aparenta muita fantasia, gênero com o qual não sou familiarizada. No entanto, após começar a leitura, percebi que não havia muito com o que me preocupar, pois ler Nora é como vestir um moletom, daqueles que amamos e que é completamente confortável, e que nos traz uma sensação deliciosa de se sentir em casa.







Mas, mesmo que já nas primeiras páginas consegui perceber que era uma obra fluída, admito que me senti, por alguns capítulos, como se estivesse caindo na terra de Oz, da história O mágico de Oz, pois a fantasia foi jogada em mim com intensidade e sem muito preâmbulo, e eu não estava preparada para ela, e a princípio pouco entendi o que estava acontecendo e até mesmo achei tudo um tanto breve demais. Porém, a medida que a minha leitura foi evoluindo, consegui mergulhar profundamente no enredo, a ponto de amar todo o mundo fantástico, os seres míticos e as lendas que o livro me apresentava, e o finalizei ansiando pelas próximas histórias que compõem a trilogia, e encantada pelos diversos elementos instigantes que Nora trouxe, que foram capazes de criar uma ótima história.

O primeiro desses elementos é a dinâmica do livro. É uma obra que apesar de abordar a história de um casal, ele traz foco em todos os outros personagens, e conseguimos conhecer a personalidade, peculiaridades e gostos de cada um. Além disso, ele não é aquele livro que fica focado em coisas individuais, apesar de ter os momentos a dois do casal protagonista, mas traz, no geral, a união, fraternidade e laços entre o grupo, o que é admirável e nos enche de um sentimento bom. Também, preciso dizer que esse livro traz um romance capaz de agradar vários tipos de leitores, pois sim, ele existe e é bonito, mas não é o maior foco do livro, sendo construído na medida certa de nos prender, mas não a ponto de ser o acontecimento único e exclusivo e não transforma o livro em algo meloso.

Ainda, devo mencionar que embora eu não tenha experiência com a leitura de histórias de fantasia, achei que Nora ousou e muito nesse livro, mas de uma forma boa, pois aqui ela não hesita em trazer todos os tipos de seres míticos, de lendas, crenças e possibilidades, o que torna o enredo uma surpresa a cada capítulo, literalmente. E, falando em lendas, o enredo tem um levíssimo toque de conto de fadas, trazendo a história das deusas que presentearam a rainha, e nos lembra, de longe, a história da Bela adormecida. Ainda, algo que me encantou profundamente foram os cenários descritos, em especial a ilha de Corfu, suas praias, comidas e panorama geral e a colocação destes no livro merecem aplausos, pois em mais ou menos quinze palavras de descrição, eu já estava preparada para arrumar as malas e correr para lá, de tão delicioso que tudo se mostrou.







Eu, em particular, não encontrei nenhum ponto que se mostrasse excessivamente negativo, no entanto, como pode-se perceber, esse é um livro carregado na fantasia, então para os leitores que não gostam de jeito nenhum desse gênero, essa é uma história que pode não ser tão positiva. Além disso, nos livros de Nora sempre acontece um amor bastante rápido, o que pode servir de incômodo para os leitores mais exigentes e também há o fato de a fantasia ser pouco detalhada, e as coisas por vezes acontecerem rapidamente, no entanto, creio que essa é uma característica especial de Nora e que não tira o encanto do livro.

Os personagens são os elementos mais incríveis do livro, e eles tem a capacidade de nos tragar para dentro das suas vidas, e nos fazer amar e admirar a relação que constroem aos poucos. É difícil definir quem são os meus personagens favoritos, mas, Sasha, a protagonista, me conquistou e eu me identifiquei com ela, pois ela começa sendo temerosa, escorregadia e até mesmo esquiva, pois caiu de paraquedas nas lendas e não sabe o que virá pela frente. Sasha é alguém que evolui muito ao longo do livro, e isso me deixou orgulhosa da personagem. Já Bran, o par de Sasha, é um homem lindo por dentro e por fora, e achei incrível a magia dele. Seu poder é admirável, e é alguém corajoso e determinado. Quanto aos outros personagens que irão protagonizar os livros seguintes, temos Annika, alguém que surge do nada e que conquista a todos do livro, e nós leitores também, com seu misto de ingenuidade e coragem, que tem o poder de nos fazer rir em alguns momentos, e em outros nos leva a ficarmos sensibilizados. O segredo de quem Annica é foi um dos mais bonitos e bacanas que encontrei. Sawyer, o quarto integrante é um homem também cheio de segredos e que me pareceu bastante romântico, e acredito que com seu desenvolvimento nos próximos livros será alguém por quem sentirei afeto. Ainda temos Riley, a moça dos contatinhos, que consegue tudo o que o sexteto precisa nessa empreitada mágica, e que é a pessoa mais autoconfiante do livro, além de ter um segredo que me deixou de respiração suspensa por uns trinta segundos quando descobri, e Doyle, alguém completamente fechado que passou a se abrir ao final do livro, mas que tem grandes motivos para tal distanciamento.

Mas, nem só de personagens incríveis e bonzinhos o livro é feito, e Nerezza, a vilã, é daquele tipo de ser maligno que quando aparece, conseguimos até mesmo sentir uma mudança na corrente de ar ao nosso redor, e tudo fica mais gelado, de tanta intensidade que ela carrega.

O livro é narrado em terceira pessoa, dividido em 19 capítulos curtos e a leitura traz uma escrita ágil e um enredo que prende, o que me fez lê-lo em menos de vinte e quatro horas. Esse foi o primeiro livro da trilogia, e a previsão é que os dois restantes sejam lançados ainda em 2018, estando programados inicialmente para julho, o livro intitulado de Baía dos suspiros, e novembro, o terceiro e último intitulado de a ilha de vidro.







Recomendo Estrelas da sorte para os amantes de fantasias instigantes e de tramas deliciosas, ou ainda para aqueles que querem embarcar em algo escrito por Nora Roberts, pois aqui ela está em sua melhor forma, aliando elementos típicos de suas obras à coisas novas, e consegue nos causar uma imensidão de sentimentos e ao final nos deixa com um sentimento de "preciso do resto dessa trilogia para ontem!".








Tamara Padilha
Leitora compulsiva com foco em quase todos os gêneros
(exceto os romances de época e ficção científica).
Apaixonada por escrita, e em breve bacharel em direito.
27 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

27 comentários:

  1. Olá!
    Ainda não consegui ler nada da Nora, mas acho que posso acabar iniciando por esse! Amo esse universo fantástico e fiquei bem curiosa quanto a trama e o seu desenrolar. Anotando a dica!
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Não sabia aue a Nora Roberts tinha se aventurado na fantasia, gostei da premissa do lovro.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  3. Adoro Nora Roberts, mas ainda não conheço nada dela que não seja seus romances. Quando vejo um livro de sua autoria com essa pegada fantástica fico mega curiosa. Gosto do fato da autora não ter foca apenas no romance e por ter apresentado esse lado místico. Uma inovação pra minha leitura se tratando de Roberts.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi! Li sobre esses lançamentos a um tempo atrás e fiquei curiosa. Lembro que li algo da Nora há muito anos, algum daqueles romances de banca e não me lembro de como é sua escrita. Gostei muito da pegada dessa trilogia, envolvendo fantasia e um pouco de sobrenatural, e claro um romance que não pode faltar. Também achei muito atrativo os lugares dos livros, parecem que em belas paisagens, como o primeiro numa ilha grega. Quero muito conhecer essa história!
    Bjoxx - http://www.stalker-literaria.com/

    ResponderExcluir
  5. Eu sou apaixonada pelos livros da Nora Roberts e estou muito curiosa com essa nova série, a mulher arrasa demais e já sei que vou me apaixonar. Eu só achei essa capa muito parecida com as dos livros da Lucinda Riley naquela série das irmãs.

    ResponderExcluir
  6. Quero muito conhecer a escrita da Nora,vejo muitos comentários positivos.
    Sua resenha me deixou bem curiosa,acho que iria gostar muito da leitura.
    Adorei a foto, beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Eu li esse livro e fiquei bem contente com o desenrolar da trama. Apesar da Nora meio que ter uma fórmula que dá certo quando assunto é fantasia, a narrativa ficou envolvente e quero conhecer os próximos desfechos.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  8. Como disse numa outra resenha que li sobre o livro, a Nora Roberts me impressiona por ser tão versátil. Ela escreve gêneros tão diferentes e consegue ser profundamente bem-sucedida e amada em todos eles! Isso é incrível!

    Até agora meu único contato com a autora foi com a série dos MacGregors e estou amando! Já está entre minhas autoras queridas. Verdade que tudo acontece muito rápido em seus livros, mas a gente é capaz de acompanhar o ritmo sem problemas e apreciamos cada instante. :)

    Estrelas da Sorte já despertou meu interesse. Achei que ele teria uma pegada mais de mitologia só que agora não tenho tanta certeza. Eu amo contos de fadas, mas o da Bela Adormecida é um dos que não suporto.kkkkkkkk... Espero não sentir muita semelhança com esse conto, pois não iria gostar.rs

    Provavelmente esperarei a série ser lançada por completo antes de ler.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Todo mundo está resenhando esse livro e acho que só eu ainda não li... :( rsrs
    Eu adoro os livros da Nora, principalmente os que são sobrenatural, ele escreve muito bem esse gênero!
    Gostei muito da sua resenha, e já fiquei curiosa pra conhecer essa tal vilã...
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Gostei demais do enredo desse livro, porém vou aguardar a publicação da trilogia completa e uma boa promoção para comprar e ler todos de uma vez. Já cansei de sofrer com continuações não publicadas.
    Amei a sua resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. segunda-feira, 02 abril, 2018
    Tive o meu primeiro contato com a escrita da autora a pouquíssimo tempo e caramba, agora sei porque ela é tão amada ao redor do mundo. Sua escrita é deliciosa. Este livro aqui eu ainda não conhecia, mas quero ler também, aliás, quero ler tudo dessa mulher.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem? Li minha segunda obra da autora recentemente, mas essa série parece ser fascinante pois mistura gêneros que amo. Já quero para ontem hahahah E sua resenha só me deixou mais ansiosa ainda. Espero ler em breve. Ótimas palavras e fotos <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá Tamara!!!
    Eu vejo que todo mundo está impressionado em ver esse lado da autora e que este lado está agradando a muitos sobre ela, pois a autora tem sido conhecida muito por seus romances.
    Eu não li os romances dela porque eu conheci ela pelo lado de autora de fantasia e por uma trilogia que vale a pena conhecer que é a "Trilogia do Círculo" *-*
    Eu estou mega curiosa sobre esse livro, pois traz um lado da Nora que realmente eu sentia falta.
    A obra chama muita atenção e me lembra um tanto essa trilogia anterior da mesma.
    Adorei a resenha!!!

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá, como vai?
    Ainda não li nada da Nara Roberts, mas, amo fantasia e fico feliz da autora ter se aventurado nesse mundo, espero ter uma chance para ler esse livro ainda esse ano.

    Beijos e abraços!
    http://vickyalmeida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Amo Nora e esse livro é maravilhoso!
    Não que eu tenha lido, mas a capa... é apaixonante!
    Não vejo a hora de ler essa história!
    Adorei a resenha
    Obrigado pela dica!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  16. Olá, eu não li nada dessa autora, e não sei por onde começar, mais essa série não é uma que eu tenha vontade de ler, passo essa dica

    ResponderExcluir
  17. Olá Tamara, apesar de ainda não ter lido nenhum livro da autora minha mãe já leu um monte e gostou bastante, assim a sua resenha me deixou bem curiosa para ler esse mais focado na fantasia *-* Adorei a dica.

    ResponderExcluir
  18. A Nora é ótima em criar universos mágicos que nos faz entrar em contato com o que temos de melhor, adoro a escrita dela, esse ainda não li, mas está me minha lista.

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Ah gente, Nora Roberts é aquele tipo de autor que sempre leremos, pela sua narrativa rápida e concisa. Esse livro é ótimo, já tive a oportunidade de ler e fiquei envolvida com o modo como o romance foi sendo estabelecido.
    A quem não leu ainda, eu reitero a dica, leiam, vocês não vão se arrepender!
    Bjks

    ResponderExcluir
  20. Oiee Tamara ^^
    Eu ainda não li esse livro, mas além de não ser muito fã da Nora (li dois livros de gêneros diferentes dela e não gostei de nenhum), também não sou muito fã de fantasia. Então acho que desisti dela...haha'
    Fico feliz em saber que você gostou do livro, mas acho que eu acabaria não gostando dele mesmo, porque gosto de romances que demoram mais para acontecer e maior desenvolvimento nas coisas num geral.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Que blog lindo é esse?
    Nunca li nada da autora, mas as obras dela me interessam muito. Vou adicionar esse à minha lista de desejados.
    Beijos. Versos da Alma

    ResponderExcluir
  22. Oii! Até hoje, eu só li uma obra da Nora haha, mas foi suficiente para despertar a minha curiosidade de ler todas as suas obras. Amei a sua resenha, parece conter uma história maravilhosa, cheia de reviravoltas e personagens apaixonantes. Dica anotada, bjss!

    ResponderExcluir
  23. Olá! Tudo bom?

    Já tinha ouvido falar da obra, porém ainda não li sobre uma obra da Nora Roberts que me instigasse a lê-la. Gosto muito deses personagens que evoluem ao decorrer da história, então acredito que a tal Sasha também seria a minha predileta. Enfim, adorei conhecer a obra ♥

    Um beijo

    ResponderExcluir
  24. Não consigo ler nada da Nora, já tentei, mas a escrita não me agradou muito. Mas vejo comentários muito positivos em relação aos livros dela.

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Acho nem legal essa mistura de romance com seres místicos e fantástico. Para quem saber como usar, fixa uma obra e tanto. Ainda não li nenhum livro da autora, apesar de muitos elogiarem suas obras. Adorei a resenha!
    Bjim.
    Tammy

    ResponderExcluir
  26. Oi.

    Conheci a escrita da Nora ano passado e gostei muito. Foi um livro bem desenvolvido e com uma história bem legal. Tinha visto esse livro entre os lançamentos da editora, mas no momento não senti vontade de ler. Até porque estou sem tempo para nada ultimamente; e ainda preciso ler todos os livros da pilha que tenho no quarto. Mas assim que tiver mais tempo eu tento ler.

    ResponderExcluir
  27. Oie, tudo bom?
    Nunca li nada da Nora Roberts mas pretendo pois só ouço elogios a autora.
    Essa obra em particular mei nteressa muito, pela pegada mais sobrenatural.

    Quero muito conferir, amei sua resenha!

    ResponderExcluir

 
© Galáxia de Ideias, VERSION: 01 - BLUE UNIVERSE - janeiro/2018. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Widget inspirado/base do menu por MadlyLuv
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo