RESENHA DE A MULHER NA JANELA – POR A.J. FINN
RESENHA DE CONTAGEM REGRESSIVA – POR KEN FOLLETT
RESENHA DE UM SEDUTOR SEM CORAÇÃO – POR LISA KLEYPAS

[Fale♥] Prócer Zombie I e II - Por Silva Bros (Andrés e Leonardo Silva)

29 maio 2018


Olá novamente orbitantes da Galáxia de Ideias, como vão vocês? Esperando uma resenha, reportagem, claquete de série ou filme ou quem sabe uma nova tag?

Dessa vez resolvi falar de uma ideia fantástica que dificilmente você encontra em qualquer lugar ou é feita por qualquer pessoa. Dessa vez vamos viajar a um pequeno país da América Latina, o Uruguai e conhecer a graphic novel Prócer Zombie, cujo segundo volume saiu agora no começo de maio, de autoria dos irmãos Andrés e Leonardo (Leo) Silva, donos do estúdio Silva Bros, de ilustração e desenho, localizado em Montevidéu, capital uruguaia. Abaixo, a sinopse do primeiro volume...

Prócer Zombie I - Sinopse: 165 anos depois, mediante uma força do universo desconhecida, um antigo prócer da América volta à vida para estabelecer ordem e equilíbrio na cidade de Montevidéu. Seu estado inicial é um tanto amnésico, mas lentamente vai recuperando a memória.
Por outro lado, não se reconhece nas tantas representações de sua figura na cidade e nem consegue compreender porque a sociedade tem essa imagem imaculada de sua pessoa. Sendo consciente dessa situação e de tudo o que ela implica, toma como objetivo converter-se no libertador que a sociedade acredita que ele é.
Agora, o propósito de seu retorno cobra sentido, porém, não será nada fácil, pois deverá voltar à sua antiga luta enfrentando velhos rivais.

Não tive a chance de ler inteira porque na página oficial dos irmãos Silva só tem seis capítulos do primeiro volume e quatro do segundo, mas só essas demos foram suficientes para dizer: PRECISO ler tudo! Motivo: APAIXONADÍSSIMA pela ideia deles de recriar a figura de José Artigas (1764 - 1850) de uma maneira nunca vista antes, usando uma mistura de humor ácido e drama existencial para temperar a trama junto com aquela polêmica histórica, já que eles não sentem qualquer vergonha de desfazer a imagem imaculada que os uruguaios têm de Artigas. Que, como um zumbi ressuscitado, tem de enfrentar antigos rivais e se converter no libertador que as pessoas creem que ele é. Claro que nenhum dos dois caminhos é necessariamente fácil e o preço a ser pago talvez seja mais alto do que ele desejaria.




Completamente me identifiquei com o fantástico do negócio, considerando que tenho um universo chamado Os Vampiros Portenhos (blog), onde eu recrio figuras históricas argentinas e de outros lugares à minha maneira, mas com as devidas precisões históricas (sim, gente, escritores TEM QUE estudar e pesquisar ou correm o risco de realizarem um péssimo trabalho) e como vampiros. Porque quem me conhece sabe que amo essas criaturas, mas que também sou aquela que ama mais ainda conhecer coisas diferentes e quando gosta, faz questão de falar bem e divulgar.

Só que como a publicação saiu apenas no Uruguai, financiada pelos Fundos Concursáveis para a Cultura do Governo Uruguaio, em 2015, a tiragem do primeiro volume foi bastante limitada e atualmente está esgotada, tendo agora só o segundo, recém impresso, que também foi financiado por esses mesmos fundos. Devo dizer, eu estou muito precisada de ambos, mas eu tinha justo que morar no Brasil e não ter dinheiro. -risos- Pode isso, Arnaldo? Abaixo, a sinopse do segundo volume...

Prócer Zombie II - Sinopse: Um novo tirano ascende em uma sociedade onde os bons valores parecem distantes. O antigo imperador da França, Napoleão Bonaparte, reencarna na atualidade como Mikael Landowski e trinta e oito anos depois, alcança a presidência uruguaia.
Entretanto, lentamente ele irá estabelecer um regime autoritário no meio do caos de um povo que perdeu toda a crença em seus governantes. Enquanto isso, três anos depois de seu regresso, o Prócer está exposto e já não é um mito. Grupos radicais são apoiados pelo atual presidente com o fim de quebrá-lo e evitar uma futura ameaça para seu governo.

Só imaginem o que saiu disso tudo. Eu acredito, com a mais absoluta certeza, que é fantástico!

Querem saber mais? Cliquem aqui.

Claro, não podia deixar de dar uma mostra do quadrinho...


http://silvabros.uy/procerzombie/


Ou se quiserem ir além: Instagram, FacebookSite Oficial e https://www.behance.net/silvabros.

Por fim, se você procura algo muito diferenciado, Prócer Zombie I e II é o que Lady Trotsky indica.







Renata Cezimbra
Professora desempregada, leitora voraz,
escritora doida e vampiróloga amadora.
15 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

15 comentários:

  1. Não é bem o tipo de leitura que eu faço, mas tenho vários amigos que adoram então eu irei pegar essa sua opinião e mandar para eles, e espero que eles gostem assim como você gostou, está ótima a sua opinião, parabéns.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Renata tudo bem? Fiquei bastante perdida lendo sua resenha e não consegui sentir nem um décimo de toda a paixão com que você escreveu e quis nos passar. Depois de procurar o significado de prócer (líder) e por curiosidade foi olhar quem foi José Artigas (político e militar uruguaio, herói nacional de seu país), só então eu consegui entender melhor a ideia do Graphic Novel (gênero que amo) e achar interessante, apesar de com certeza achar necessário ir a fundo na história real desse grande personagem, para só depois ler sua HQ. Outro ponto negativo é que infelizmente não estar de fácil acesso essa obra para nós e com certeza só termos disponível em espanhol, língua que não falo, nem leio, mas quem sabe daria de presente para minha irmã que ama a língua. Mas de qualquer forma acho bastante criativo ilustradores utilizarem essas ideias para nos trazer humor e uma obra tão diferenciada. Beijos

    Nara Dias
    Viagens de Papel

    ResponderExcluir
  3. Olá Renata, como vai? Eu não tenho o costume de ler Grafic Novel e não sou fã do zumbi apocalipse ou algo do gênero, iniciei a série The Walking Dead para ver se compreendia melhor esse mundo mas, não consegui. Sinceramente, eu fiquei mais interessada na maneira como você transmitiu a sua emoção, paixão e encantamento por essa Grafic do que por ela em si, fico muito feliz quando leio post inspiradores como o seu e tenho certeza que aparecerão muitos apaixonados por esse mundo para se deliciarem com a sua resenha.

    Beijos e Abraços VIVI
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  4. Ola Renata, amei sua ideia e infelizmente não conhecia esse trabalho. Adoro conhecer historias por mais loucas que sejam baseadas em fatos históricos, fiquei louca para conhecer o seu trabalho. Infelizmente aqui no Brasil a profissão de escritor não tem vez, para ele/ela conseguir ser notado precisa investir muito em propaganda ou ter um padrinho rico, conheço tantos autores verdadeiros potenciais mais infelizmente pagam para serem publicados.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Renata! Sua resenha foi bem diferente e bem entusiasmada! Gostei da sua energia! Mesmo não curtindo tanto assim esse universo, sua resenha me cativou, fiquei curiosa a respeito da Graphic Novel, vou pesquisar mais detalhes a respeito nos links que vc mencionou, quem sabe eu não saia da minha zona de conforto.
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nenhuma obra desse gênero, não me instigou tanto para ler..
    Gosto mais de filmes e séries sobre isso, quem sabe algum dia eu dê uma chance para livros como esse.
    Gostei do seu post, beijos!

    ResponderExcluir
  7. oi nunca li nenhuma graphic novel mas falou de zumbies eu já fico doida para conhecer. E além de tudo é algo muito diferente do que eu já li. Adorei o post, com certeza irei procurar saber mais.

    ResponderExcluir
  8. Oiii Renata

    Eu adoro eses posts que abrem espaço para o trabalho de autors nacionais ou latino americanos. É bem dificil se fazer conhecido aqui na América Latina e tem tanta gente talentosa que merecia... A graphic parece ser muito legal, eu daria uma oportunidade apesar de ler poucas graphic novels.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  9. Que bacana essa proposta das graphic novels, achei a história muito interessante, pena que também ando sem dinheiro :(. Ficarei na torcida para que futuramente sejam publicadas também no Brasil.

    ResponderExcluir
  10. Olá, que bacana as premissas das graphic novels, fiquei bem interessada em ler, pena que também ando sem dinheiro :(. Mas quem sabe futuramente elas sejam publicadas também no Brasil?! Ficarei na torcida.

    ResponderExcluir
  11. Renataaaaa, preciso!
    Eu sou viciada em coisas de zumbis, seja filme, livro, série, quadrinho... adoro! Fiquei triste de saber que não tem no Brasil, curti demais a premissa e adorei ver esse post. Agora é torcer para que algum dia seja publicado por aqui.

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li nada dentro do gênero da graphic novel, assim como nada da literatura uruguaia. Mas acho que a mistura de humor ácido e drama existencial rende uma boa narrativa, então espero que esse livro chegue por aqui desde o primeiro volume, pois adoraria ler.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia essa grapich novel, mas mesmo se fosse publicada no Brasil, eu confesso que não leria. Eu não curto HQs e histórias envolvendo zumbis não me atraem nem um pouco. Mas que bom que você estava curtindo tanto e espero que os dois volumes cheguem no Brasil para que você possa continuar lendo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem? Por mais que a graphic novel parece bem interessante, principalmente nos trações, a temática não é algo que curta muito. Zumbis, mesmo com o estouro todo não me chamam muita atenção. Uma pena, mas espero que para você a leitura seja maravilhosa! Adorei a dica.
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Acredita que nunca li Grafic Novel, tenho muita curiosidade, já curti mais histórias com Zumbis, adorava Residente Evil e tal, tenho muita vontade de ler uma história assim, quem sabe eu não de uma conferida nessa.

    beijos!
    https://blogminhaestanteliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir

 
© Galáxia de Ideias, VERSION: 01 - BLUE UNIVERSE - janeiro/2018. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Widget inspirado/base do menu por MadlyLuv
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo