RESENHA DE A MULHER NA JANELA – POR A.J. FINN
RESENHA DE CONTAGEM REGRESSIVA – POR KEN FOLLETT
RESENHA DE UM SEDUTOR SEM CORAÇÃO – POR LISA KLEYPAS

[Resenha] O selvagem – por Kristen Ashley

31 maio 2018

Título: O selvagem [O Homem dos Meus Sonhos # 2]
Autor (a): Kristen Ashley
Páginas: 464
Editora: Fábrica 231
Skoob || Goodreads
Compre: Amazon 


Sinopse: Romance, aventura e uma boa dose de erotismo são os ingredientes que dão liga a O selvagem, segundo da série O Homem dos Meus Sonhos. Depois de O estranho, a norte-americana Kristen Ashley conta agora a história de Brock Lucas, um típico brutamontes que não mede esforços para conseguir o que quer, e Tessa O’Hara, uma mulher doce que esconde um grande segredo. Quando ele a convida para uma cerveja, Tess não imagina que Brock é um agente que se aproximou dela para investigar os crimes de seu ex-marido. Ao descobrir a verdade, ela tenta se convencer de que Brock não é o homem dos seus sonhos e tem certeza de que precisa pôr fim a este relacionamento. Mas ele não está disposto a deixá-la ir. Pelo contrário, Tess tornou-se um vício incontrolável para Brock. E o agente selvagem está mais disposto do que nunca a finalizar seu trabalho. E a conquistá-la de vez.


Resenhas anteriores:
O homem dos meus sonhos #1: O estranho

A Tessa já sofreu muito, passou dez anos casada com um homem horrível, sofrendo todo tipo de abuso. Conseguiu livrar-se a muito custo e, depois de muito tempo, conseguiu se reerguer, montou a própria confeitaria, comprou uma casa e estava quase recuperada emocionalmente.

Quando Tessa encontrou Brock Lucas, que parecia ser o homem dos seus sonhos, pensou que sua vida estava entrando definitivamente nos eixos. Mas eis que a vida lhe dá outra rasteira e ela descobre que esse homem é um agente da polícia disfarçado que se aproximou dela para investigar crimes praticados pelo seu ex marido. Tá de brincadeira? Claro que quando a Tessa descobre que o Brock era um policial disfarçado faz o que qualquer pessoa sensata faria e se afasta daquele homem imediatamente.

Brock Lucas, por sua vez, nunca tinha conhecido uma mulher tão doce quanto a Tessa e com certeza não estava disposta a deixá-la escapar, faria o que fosse necessário para reconquistar sua confiança e tê-la em seus braços novamente.





Olá orbitantes.
Eu fiquei interessada em ler esse livro depois que li uma resenha sobre ele que dizia ser totalmente diferente dos outros do gênero. Isso aguçou minha curiosidade na hora, só que esse é o segundo volume de uma série, então li o primeiro livro antes (resenha aqui). Admito que o primeiro livro tinha alguns elementos que me incomodaram, apesar de a leitura ter me conquistado no final, por isso minhas expectativas com esse não estavam muito altas. Mas fui pega de surpresa e acabei amando a leitura.

O Selvagem, apesar do que possa remeter o título e a capa, é um livro realmente diferente  e melhor do que todos os livros que já li do gênero. Sério, parece que a autora fez uma lista com os clichês e estereótipos mais comuns do gênero e foi se esquivando deles no decorrer da narrativa. 

Para começo de conversa, a Tessa tem 43 anos e o Brock tem 45. Então é um relacionamento mais maduro, os dois sabem o que querem e que querem ficar juntos e estão dispostos a tentar, e a encarar juntos as dificuldades. Por isso não ficam naqueles altos e baixos intermináveis. Quando eles têm algum problema, simplesmente sentam e conversam, o que é um alívio para mim, já que estou cansada de livros que giram inteiros em torno de problemas que seriam facilmente resolvidos com uma simples conversa.

E eu soube, ao sentir o ardor daqueles olhos, o que seu olhar significava. Soube que esse homem, esse fantástico, belo e selvagem homem, era meu.

A Tessa é uma mulher forte e independente que passou por poucas e boas e está tentando superar o passado e ser feliz. Ela é proprietária de uma confeitaria de sucesso e provavelmente ganha mais que o Brock. Já que, novidade!, policiais não ganham lá tão bem e o Brock deixou a maior parte do que tinha para a ex esposa. Então não temos o estereótipo do ricaço que acha que pode mandar em tudo e em todos, e tratar todo mundo mal só porque tem dinheiro.

- Ele me estuprou agente Calhoun. Ele bateu em mim, mas não me matou. Enquanto eu estiver respirando, tenho essa capacidade de luta, e por sorte, estou respirando.

O Brock é totalmente família. Ele tem uma família grande, barulhenta e complicada, além dois filhos com a ex esposa. E é aqui que começamos a falar de assuntos mais sérios. Quando Olivia, a ex esposa do Brock, descobre que ele está com a Tessa, faz de tudo para transformar a vida do ex marido em um inferno. Inclusive, usa os filhos como peões para manipulá-lo. Acho que a alienação parental é um assunto muito importante e gostei da forma que foi trabalhado nesse livro, pois mostra de forma clara as consequências para as crianças. E não é o único assunto sério que merece atenção trabalhado no livro, temas como violência doméstica e estupro também o são. 

E agora, quero mencionar outra coisa que me fez refletir. Durante a leitura, senti certo incômodo por considerar a Tessa servil demais. O Brock é um bagunceiro de mão cheia e ela está sempre organizando, limpando e cozinhando para ele, e para todo mundo, na verdade. Entretanto, depois de parar para pensar sobre o assunto, percebi que eu estava sendo preconceituosa. O certo é a mulher ter liberdade de ser o que quiser e fazer o que quiser sem sofrer restrições por conta do gênero. Então, se é o jeito dela e ela faz por vontade própria, não tem porque eu ficar incomodada com isso.

Olhei para aqueles olhos de mercúrio que olhavam para a minha boca. Os olhos do homem que me amava. Os olhos de um homem lindo, rude e louco que eu já sabia que era assim, mas que naquele instante dera provas provas de que tinha uma sensibilidade profunda e uma capacidade infinita de ser leal. 

Outro ponto negativo que costumo ver nesse gênero, é que os livros normalmente trazem mocinhos mandões e possessivos que acabam afastando a mocinha do seu círculo de amizade. Nesse livro, a melhor amiga da Tessa, a Martha, não gosta do Brock no começo, por ele já ter mentido e também por achar que a Tessa está passando tempo demais com ele e pouco tempo com ela. Mas vejam só a diferença de termos personagens maduros: a Tessa resolveu as coisas com a amiga na conversa e o Brock não ficou tentando fazê-la gostar dele forçando as coisas e nem tentou afastar a Tessa da amiga, ele só permaneceu ao lado da Tessa e demonstrou, através de atitudes, que gostava dela e que não a magoaria. E assim conquistou a confiança da Martha aos poucos. 

O livro gira bastante em torno da rotina dos personagens, e eu gosto disso. Mas tem ação também. O ex marido da Tessa está aguardando o julgamento em liberdade, e não vai tão fácil assim se livrarem dele, ainda mais se o Brock não quiser se prejudicar e nem prejudicar o caso que foi minuciosamente montado contra ele.

Eu adorava estar com Brock. Com ele, eu me sentia segura. Com ele, eu me sentia linda. Com ele, eu me sentia amada. Eu adorava tudo que ele tinha me dado, mais do que poderia descrever.

Como eu já mencionei, esse é o segundo livro de uma série, mas pode ser lido de forma independente sem qualquer prejuízo, sendo que os personagens dos livros anteriores fazem somente breves aparições. E, a exemplo do livro anterior, apesar de ter sido enquadrado no gênero erótico, eu não acho que seja: o livro não tem tantas cenas eróticas detalhadas, existem mais sugestões do que aconteceu ou está prestes a acontecer. Usando o mesmo exemplo que usei na resenha anterior, para vocês terem uma ideia, os livros da série Os Hathaway têm mais cenas eróticas que esses livros.

Bom, acho que deu para perceber que amei esse livro e indico demais, não é? Indico para quem procura um romance com um casal mais maduro e bem resolvido, com boas pitadas de ação e dramas familiares. Que foge bastante dos clichês e estereótipos que encontramos no gênero e nos apresenta a personagens complexos e cativantes. 

Espero que tenham gostado da dica.
Fiquem de olho que logo tem mais!





Barbara M. Cabalero
Advogada, concurseira e apaixonada por livros desde criança.
Meu gênero favorito é fantasia, mas sou bastante eclética,
leio quase todos os gêneros.
26 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

26 comentários:

  1. Oi Barbara! Eu li a resenha do primeiro livro e vi que você estava empolgada mesmo para ler este segundo volume. Realmente, mesmo a gente pensando num primeiro momento que se trata de um romance erótico clichê, ao decorrer percebi que tem muitas coias envolvidas, e temas importantes em discussão. Amei o fato de o mocinho não ser aquele podre de rico que parece comprar a mulher e faz o que quer com ela e ela aceita. E também o fato de ser um romance mais maduro, porque eu odeio aquela lenga lenga que os escritores colocam na história, briga, separa e volta, cansa! Adorei a dica e espero ler!


    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  2. Só pela resenha eu já senti empatia pelo drama vivido pela Tessa e depois me chamou bastante atenção a idade dos protagonistas,bem diferente do que estou acostuma encontrar em livros do tipo.
    Olha... vou parar toda resenha para focar no seu comentário sobre a "servidão" de Tessa. Concordo com sua visão de liberdade da mulher e falo isso porque eu nasci Amélia", amo cuidar de casa, do marido e do filho, tenho prazer em cozinhar para eles e cuidar da casa, mas você não faz ideia de como sou vista com maus olhos por muitas, até da minha família. Agora imagine meu marido, sempre deduzem que ele é machista e coisas do tipo. Mas só eu sei que ele nunca me mandou fazer nada e sei que quando a preguiça bate quem vai para as panelas é ele, ou quando preciso esfoliar os pés é ele quem fica de joelhos fazendo isso, enfim, transformei isso em desabafo e isso me fez desejar muito ler esse livro.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Putz! Estou surpresa com essa história!
    Li o nome e já pensei que não fosse gostar muito apesar da capa estar muito chamativa e interessante.
    Bem diferente de tudo o que eu imaginei e eu fiquei de fato muito curiosa com esse romance.
    Gostei da idade dos protagonistas, gostei demais de ser algo mais maduro e realmente deu pra sentir que é bastante diferente dos livros do gênero.
    Lógico que quero ler! Obrigadão pela dica!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  4. Mais e mais livros entrando na minha infinita lista de futuras leituras!kkkkkkkkk... Só pela sinopse eu não leria a história, pois fujo sempre que posso do gênero erótico. Mas ao ler sua resenha percebi que o livro não vai para esse gênero, como você mesma disse, e que aborda assuntos muito importantes (a alienação parental sendo um deles. Já vivi isso na pele. Meus pais foram "ótimos" em praticar isso na minha infância e adolescência). E o fato dos personagens serem mais maduros também chamou muito a minha atenção. Parece o tipo de história que vai me apaixonar.

    ResponderExcluir
  5. Oiii Barbara!

    Achei bem legal saber que o livro foge de ser mais do mesmo, fico imaginando como a autora conseguiu escapar de todos os clichês, deve ser bem interessante e novo para o leitor acompanhar a história. O que me convenceu total foi saber que as cenas eróticas não são muitas e a autora deixa tudo mais pra imaginação do leitor, sem ficar oferecendo detalhes enormes como em outros livros do gênero.

    Adorei a dica!

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Antes de mais nada esse livro não é o que eu esperava, e não, isso não é algo ruim. Eu esperava algo mais erótico e sem sentido e tive uma boa surpresa quando encontrei protagonistas reais que estão dispostos a enfrentar problemas e situações um tanto quanto chatas para ficarem juntos. Gostei muito da história!

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  7. Oi, Bárbara! Nossa, adorei sua resenha, ela desmembrou cada tema que o livro trata sem você soltar spoilers. Achei muito interessante os protagonistas serem mais maduros, além de ter outros problemas além da trama principal. Vou colocar na minha de leitura, com certeza!
    bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  8. Eu ainda não conhecia esse livro e a sua resenha me deixou bem curiosa com ele. Acho que pode ser uma leitura que me agradaria bastante, curti o fato de os protagonistas serem mais maduros, gosto quando isso acontece. Dica anotada.

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia essa série, mas já fiquei curiosa para ler esse livro. Não sou muito fã dos livros desse gênero, mas sua resenha mostrou como ele é bem diferente da maioria. Aliás, adorei ver como ele não tem estereótipos que costumam me incomodar, especialmente o do mocinho machista e controlador. Além disso, adorei o fato dos personagens serem mais maduros, acho que isso deve torná-los ainda mais interessantes.
    Adorei sua resenha e já anotei a dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bom?
    Caramba, adorei! Os clichês são reconfortantes, mas esses que ela evitou, realmente são os que me deixam nervosa e com vontade de abandonar o livro, rs. Então teria tudo para amar essa leitura!

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Como não tinha conhecimento deste livro ainda! Adorei a sinopse, amei a capa e sua resenha está incrível! Amo romances com personagens mais maduros e faz algum tempo que não leio nenhum. Amei a dica e anotado! Parabéns pela resenha!
    http://colecionandoromances.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem? A sinopse da história não chamou a minha atenção mas, não descarto a possibilidade de lê-lo futuramente, irei indica-lá para algumas colegas que amam esse gênero. Sempre tive problema com aqueles mocinhos que compram céu e as estrelas para as suas amadas, como se estivem comprando o amor delas com todo o seu dinheiro então, fiquei muito feliz em saber que esse mocinho não é assim.

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  13. Oi Bárbara, estou em busca de um romance com essas características que você descreveu, a começar da idade do casal, por ser mais maduro e ter objetivos mais claros. Porem saber que é o segundo volume de uma série me deixa com uma preguiça sem fim porque estou fugindo de série.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá, ficou ótima a sua resenha, achei super bacana esse segundo livro da série trazer um casal mais velho e quebrar alguns esteriótipos do gênero, acho que vou colocá-lo nos meus desejados.

    ResponderExcluir
  15. Olá Barbara,
    Se não me engano, li sua resenha do primeiro livro e fiquei curiosa para fazer a leitura. Achei sua resenha desse segundo volume ainda mais inspiradora e fiquei intrigada para ler, será que ele vai me agradar? Essa questão do romance mais maduro é algo que chama muito minha atenção, pois acho que, até hoje, li apenas um livro com essa pegada. Claro que vou anotar a dica e espero me surpreender.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oie!
    Eu só li o primeiro livro, e gostei da narrativa da autora, mesmo achando algumas situações um tanto forçadas.
    Mas mesmo assim, eu gostei. Ainda não li o segundo livro, mas fiquei curiosa para conferir, acredito que vou gostar.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Eu já tinha visto sobre o primeiro livro, mas não sabia que o segundo conseguiu ser melhor ainda. A autora tem uma boa escrita. Me agrada saber que os problemas são resolvidos de forma madura sem excessos. Acredito que vou gostar desse casal.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia o livro e mesmo gostando de clichês, é obvio que a ausência deles chama atenção de qualquer um. Anotando a dica.
    Bjs< Rose.

    ResponderExcluir
  19. Lembro da sua resenha do primeiro livro. Que bom que esse te abrandou tanto! Adorei saber um pouco mais sobre essa história e esse diferencial dos personagena serem mais maduros me agrada muito! Outra coisa que curti foi o fato deles conversarem quando têm problemas, coisa que pessoas normais deveriam fazer. Só não curti a capa, o cara até se faz passar por um quarentão bem conservado, rs, mas a mulher não aparenta ter mais de 20 mesmo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Olá! Tudo bom?

    Eu sou fã da Kristen e seus livros extralongos, confesso haha Porém esse é o livro que menos gostei, não sei, não gosto do Brock. Enfim, isso de girar em torno da rotina diária dele eu gosto pois fico mais conectada aos personagens. Fico feliz de verdade que gostou e espero que goste dos outros livros ainda mais ♥

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Olá,

    Já tinha ouvido falar nesse livro, mas como ando evitando livros com cenas hots, nem dei bola para esse, que bom que li sua resenha, pois me parece ser o tipo de história que irei amar. É raro eu ler romances mais maduros, porém confesso que são ótimos de ler justamente por não ter aquele vai e vem, mesmo que as vezes goste disso. Definitivamente, darei uma chance a essa história.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá Bárbara,
    esta é a primeira vez que leio algo a respeito desse livro e confesso que fiquei surpresa com tudo o que você disse em sua resenha. Enquanto lia a sinopse não pude evitar e já fui logo achando que este era mais do mesmo, pelo menos a sinopse é super clichê, mas conforme lia suas impressões vi esta ideia sendo desconstruída por seus argumentos e confesso que depois disso deu até uma vontadezinha de ler.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  23. Olá, tudo bem?

    Posso confessar que eu não sei nem quais os títulos que a Fábrica 231 publicam? Sério. Acho que dei uma dormida e houve um pulo no tempo, rs. Mas infelizmente estou fugindo um pouco do gênero. Acho que teve um boom tão grande que acabou saturando o mercado literário com esse tipo de livro. Vou deixar a dica para uma próxima, rs.

    Beijos
    @blogodiariodoleitor

    ResponderExcluir
  24. Oi.
    Tudo bom?
    Não conhecia esse livro e não sabia que fazia parte de uma serie.
    Nossa, eu amei saber que se trata de historia com personagens mais maduros e sem o famoso mimimi.
    Você conseguiu aguçar minha curiosidade para saber como flui esse relacionamento e como eles vão contornar esses exs chatos.
    Amei sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Olá eu não conhecia o livro mais fiquei curiosa para ler só pela sua resenha gosto de livros que os casais demoram de ficar juntos mais vou da uma chance para esse livro dica anotada

    ResponderExcluir
  26. Olá, tudo bem?

    Eu amei o seu blog, sério, muito lindo mesmo!! Eu ainda não conhecia esse livro nem a autora, mas como eu digo é sempre bom conhecer livros novos. Fiquei bem curiosa e eu acho que poderá me agradar bastante.

    Beijos!

    www.resenhasetudomaisbr.blogspot.com

    ResponderExcluir

 
© Galáxia de Ideias, VERSION: 01 - BLUE UNIVERSE - janeiro/2018. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Widget inspirado/base do menu por MadlyLuv
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo