RESENHA DE UMA HISTÓRIA DE VERÃO – POR PAM GONÇALVES
RESENHA DE UM BEIJO Á MEIA-NOITE – POR ELOISA JAMES
RESENHA DE OS PÁSSAROS – POR FRANK BAKER

[Resenha] Mais lindo que a lua - Por Julia Quinn

21 fevereiro 2018

Título: Mais lindo que a lua
[Irmãs Lyndon #1]
Autor (a): Julia Quinn
Páginas: 272
Editora: Arqueiro
Skoob || Goodreads
Compre: Amazon || Submarino || Americanas

Sinopse: Mais Lindo Que a Lua, primeiro livro primeiro livro da série Irmãs Lyndon, é uma história irresistível sobre sobre reencontro e desafios, romantismo e perseverança.
Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim.
Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças?
Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas?


Victoria tem 17 anos e é a filha mais velha do vigário de seu povoado. Robert é o futuro Conde de Macclesfield. Em circunstâncias normais esses dois jamais se encontrariam, no entanto quando Victoria está andando com uma criança pela propriedade de Robert, ele a avista toda desengonçada, sem reservas e espontânea e fica imediatamente hipnotizado ao se aproximar dela. Logo no primeiro encontro eles percebem que são almas gêmeas e estão destinados a ficarem juntos. Eles passam a se encontrar todos os dias, e não demora muito para que o pai da jovem descubra as escapadas ficando horrorizado. Para ele, Robert não poderia querer outra coisa com a jovem a não ser desonrá-la. Já o pai dele, sempre tão afoito por sua linhagem pura aristocrática, pensa que a jovem é somente mais uma oportunista querendo subir na vida.




Stefani Almeida
Arquiteta e Urbanista
Apaixonada por livros, filmes, series
fotos e Funko Pop

[5x5] Motivos pelos quais todo mundo deveria ler "É assim que acaba" da autora Colleen Hoover


Hoje, na coluna 5x5 aqui do Galáxia de Ideias, trago para vocês 5 motivos (que na verdade poderiam ser uma lista infinita de itens que caracterizaram uma das minhas melhores leituras da vida) e 5 quotes do livro que, sem dúvidas, foi o mais marcante que li em 2018 até agora. Estou falando de É Assim Que Acaba, lançamento da Colleen Hoover. Eu bem que gostaria de começar esse post dizendo que o simples fato de ter sido escrito pela Colleen Hoover já é um motivo e tanto para qualquer um realizar esta leitura, porque ela é minha escritora favoritinha e querida mesmo. Mas caso ela ainda não seja a sua, vamos lá, eu vou te apresentar 5 razões pelas quais o seu novo livro, e melhor, na minha opinião, merece ser lido.




Isabela Rocha
Estudante de jornalismo. Apaixonada incorrigível pelas palavras.
Aventuro-me por todos os gêneros,
desde romances água com açúcar, até os temíveis terror / suspense.

[Dica Netflix] Lançamentos de Fevereiro

20 fevereiro 2018

Quem aí ama a NETFLIX???

Já estamos na metade de fevereiro, mas a Netflix ainda tem novidades incríveis para esse mês. Como a série Mudo, Altered Carbon, Riverdale,  e a última temporada de Teen Wolf (Stile, mozão, sentirei saudades ♥). O catálogo do mês está sensacional e vamos conferi-los juntos.




Stefani Almeida
Arquiteta e Urbanista
Apaixonada por livros, filmes, series
fotos e Funko Pop

[Resenha] Lady Whistledown contra-ataca - Por Julia Quinn e outras

19 fevereiro 2018

Título: Lady Whistledown contra-ataca
Autor (a): Julia Quinn, Mia Ryan, Karen Hawkins e Suzanne Enoch
Páginas: 352
Editora: Arqueiro
Skoob || Goodreads
Compre: Amazon || Submarino || Americanas

Sinopse: Quem roubou o bracelete de lady Neeley?
Terá sido o caça-dotes? O apostador? A criada? Ou o libertino? Londres está fervendo com as especulações, mas, se ainda restam muitas dúvidas, pelo menos uma coisa é certa: um desses quatro está envolvido no crime.
Crônicas da sociedade de lady Whistledown, maio de 1816
Julia Quinn encanta...
Um belo caçador de fortunas foi enfeitiçado pela debutante mais desejada da temporada. Agora ele precisa provar que o que deseja é o coração da jovem, não o dote dela.
Mia Ryan delicia...
Uma criada adorável e espirituosa está deslumbrada com as atenções românticas que tem recebido de um charmoso conde. Mas um relacionamento entre eles seria escandaloso e poderia arruinar a reputação dos dois.
Suzanne Enoch fascina...
Uma jovem inocente que passou a vida evitando escândalos de repente se vê secretamente cortejada pelo maior libertino de Londres.
Karen Hawkins seduz...
Um visconde que vaga sem destino volta para casa para reacender o fogo da paixão de seu casamento, mas descobre que sua linda e decidida esposa não será conquistada tão facilmente.


Poucas vezes em minha vida de leitora dei cinco estrelas para um livro de contos. Não que tenha preconceito pelo tipo de história, só que eu só consigo dar nota máxima à um livro quando me conecto com os personagens e situações propostas pelo enredo, e em contos, geralmente quando estou quase me conectando... Ela acaba. Fico doida querendo saber o que acontece depois, se o casal teve uma vida feliz, se tal personagem secundário teve seu desfecho, entre outras coisas. No entanto em Lady Whistledown contra-ataca não senti isso, muito pelo contrário, as quatro histórias descritas são completas, viciantes e quando se encerraram, senti que acabaram ali mesmo. A surpresa já começou pelo fato de esperar algo totalmente diferente do livro. Achei que seria uma história contada pela fofoqueira mais famosa de Londres através do seu folhetim, isso me preocupou um pouco, pois costumo odiar esses formatos de narrativas (cartas, e-mails, diários). Aqui é uma história maior que conecta quatro casais diferentes.



Stefani Almeida
Arquiteta e Urbanista
Apaixonada por livros, filmes, series
fotos e Funko Pop

[Resenha] Mestre das chamas - Por Joe Hill

16 fevereiro 2018

Título: Mestre das chamas
Autor (a): Joe Hill
Páginas: 592
Editora: Arqueiro
Skoob || Goodreads
Compre: Amazon || Submarino || Americanas

Sinopse: Ninguém sabe exatamente como nem onde começou. Uma pandemia global de combustão espontânea está se espalhando como rastilho de pólvora, e nenhuma pessoa está a salvo. Todos os infectados apresentam marcas pretas e douradas na pele e a qualquer momento podem irromper em chamas.
Nos Estados Unidos, uma cidade após outra cai em desgraça. O país está praticamente em ruínas, as autoridades parecem tão atônitas e confusas quanto a população e nada é capaz de controlar o surto.
O caos leva ao surgimento dos impiedosos esquadrões de cremação, patrulhas autodesignadas que saem às ruas e florestas para exterminar qualquer um que acreditem ser portador do vírus.
Em meio a esse filme de terror, a enfermeira Harper Grayson é abandonada pelo marido quando começa a apresentar os sintomas da doença e precisa fazer de tudo para proteger a si mesma e ao filho que espera.
Agora, a única pessoa que poderá salvá-la é o Bombeiro – um misterioso estranho capaz de controlar as chamas e que caminha pelas ruas de New Hampshire como um anjo da vingança.
Do aclamado autor de A estrada da noite, este livro é um retrato indelével de um mundo em colapso, uma análise sobre o efeito imprevisível do medo e as escolhas desesperadas que somos capazes de fazer para sobreviver.



"O homem que andava como se estivesse embriagado começou a murchar. Então arqueou as costas numa convulsão, jogou a cabeça para trás e as chamas lamberam a frente da sua camiseta. Harper viu num relance o rosto emaciado, contorcido de agonia, e então a cabeça virou uma tocha. Ele bateu no peito com a mão esquerda, mas a direita continuou segurando a escada de madeira. A mão direita ardia em chamas, carbonizando a madeira. Ele jogou a cabeça cada vez mais para trás e abriu a boca para gritar, mas o que jorrou de sua boca foi fumaça preta."

Harper Grayson era enfermeira de uma pré-escola, e levava uma vida satisfatória e sonhadora, cheia de viagens, boa comida e filmes  ao lado do marido, Jacob, um homem devotado e quase perfeito.  O casal, e o resto da humanidade, vivia no mundo com todos os elementos que conhecemos, no entanto, algo estava mudando, depois que surgiu a escama do dragão, uma espécie de doença que se manifestava nos corpos das pessoas através de pequenas listras salpicadas de dourado, e, para a surpresa de todos, essas feridas, após algum tempo, se desenvolviam e começavam a produzir fogo, levando muitos a morte por incendiarem a si mesmos e também os locais ao seu redor, destruindo casas, matas e até mesmo cidades inteiras. Harper acompanhava tudo isso pela televisão que só falava disso, no entanto, ainda não havia presenciado a escama do dragão em ação, até o dia em que vê um homem incendiar-se a si próprio em sua frente, e a partir de então ela soube que aquilo havia chegado em sua cidade.




Tamara Padilha
Leitora compulsiva com foco em quase todos os gêneros
(exceto os romances de época e ficção científica).
Apaixonada por escrita, e em breve bacharel em direito.
 
© Galáxia de Ideias, VERSION: 01 - BLUE UNIVERSE - janeiro/2018. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Widget inspirado/base do menu por MadlyLuv
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo