RESENHA DE A MULHER NA JANELA – POR A.J. FINN
RESENHA DE CONTAGEM REGRESSIVA – POR KEN FOLLETT
RESENHA DE UM SEDUTOR SEM CORAÇÃO – POR LISA KLEYPAS

[Resenha] As filhas da noiva - por Susan Mallery

22 junho 2018

Título: As filhas da Noiva
Autor(a): Susan Mallery
Páginas: 352
Editora: Harlequin Brasil
Skoob || Goodreads
Compre: Amazon


Sinopse: Courtney Watson é a irmã desajustada da família. Ela pode não ter uma vida tão organizada quanto a das irmãs, mas ela é excelente em uma coisa: guardar segredos. Inclusive sobre seu caso flamejante com um produtor musical.
Planejar o casamento da própria mãe traz sua vida secreta à tona, mudando completamente a imagem que sua família tinha de Courtney para sempre. Quando o namorado de Siena, a irmã rebelde, a pede em casamento bem na frente de sua mãe e suas irmãs, é uma completa surpresa para ela. Siena já passou por dois noivados fracassados e desfeitos. Como ela pode aceitar se ela nem tem certeza que é isso que ela ainda quer?
Rachel é a cínica da família. Ela acreditava que o amor duraria para sempre. Até o seu divórcio. Enquanto o dia do casamento de sua mãe se aproxima, seu ex passa a implorar por uma segunda chance, e ela é forçada a reconhecer algumas verdades incômodas sobre os motivos pelos quais seu casamento não deu certo. Rachel precisa decidir se ela vai deixar o orgulho ficar no caminho do seu felizes para sempre.

— Eu sei. Senti uma faísca e soube que ela era a mulher certa. Mas fui devagar para não assustá-la. — Ele deu um tapinha na mão de Courtney. — Sou um homem de uma só mulher. Quero que você e suas irmãs saibam disso. Enquanto estava casado, sequer olhei para outra mulher. Sou o mesmo com sua mãe. Ela é minha princesa e tenho sorte de tê-la em minha vida. Nunca me dei conta de que tinha sorte, mas agora sei que sou o cara mais sortudo do mundo. Veja essas duas bênçãos que recebi.

Após vinte e quatro anos de solidão, a viúva Maggie Watson havia finalmente encontrado um homem que a amava intensamente e com quem ela poderia pensar em construir uma vida juntos. Com isso, Maggie decide então que terá o seu casamento dos sonhos, aquele que ela planejava desde os 14 anos de idade e que não pode fazer como queria quando casou-se com o pai de suas filhas por ser ainda uma menina muito nova e à época sua mãe escolheu tudo. Dessa forma Maggie resolve pedir ajuda para Joyce, sua amiga de anos e dona do hotel da pequena cidade de Los Lobos, que imediatamente passa a tarefa para a criativa Courtney, que é filha de Maggie, mas que ninguém sabe o quão criativa é, enquanto a mãe e a irmã a subestimam e diminuem dia após dia, por imaginarem que ela é apenas uma camareira que não quer saber de estudos, enquanto nos bastidores Courtney percebe que essa pode ser a oportunidade perfeita de ela fazer algo que faça sua família feliz, ainda que elas demorem a saber que ela está na organização.


Ela entrou pela porta de trás e começou a atravessar o caminho em direção às salas de reunião. No fim do corredor, viu uma figura familiar mexendo no aspirador de pó. Enquanto observava, Courtney tropeçou no fio e quase foi de cara na parede. Uma mistura de amor e frustração cresceu dentro dela. Havia um motivo para a expressão dar uma de Courtney. Porque se alguém iria tropeçar, cair, derrubar, quebrar ou escorregar, essa pessoa seria sua irmã mais nova.

No dia da festa de noivado, mais uma das filhas de Maggie é surpreendida, mas dessa vez é Sienna, a irmã do meio, aquela que é considerada a mais linda, mas também a mais azarada, uma vez que já teve dois noivados desfeitos às vésperas do casamento. Então, quando David, o atual namorado de Sienna resolve pedi-la em casamento em meio a festa de noivado da mãe dela, tudo parece perfeito ao extremo para todos, menos para Sienna, que acha que é muito cedo e sequer tem certeza se quer aquilo mesmo. Ao mesmo tempo, a mais velha das três irmãs, Rachel,  passa por um período triste e de raiva, uma vez que há dois anos seu casamento feliz acabou, mas parece que Greg, seu ex está tentando se reaproximar depois de dois anos do divórcio. A partir disso, Rachel passa a repensar suas escolhas, e começa tentar compreender quando vale a pena guardar mágoas e quando vale a pena perdoar.

Ah, ser tão novo e inocente, pensou ela com tristeza. Confiar que tudo acaba como deveria acabar. Acreditar em finais felizes.
Rachel já tinha sido assim. Também tivera esperanças e sonhos, principalmente de encontrar um príncipe lindo. E ao postar os olhos em Greg, soubera, simplesmente soubera, que era ele. Na época, todo mundo pensou que era ele. Greg era o cara que toda menina queria.
E Rachel tinha conseguido conquistá-lo — até o dia em que ele a traiu.

À medida que o casamento se aproxima e que as irmãs veem suas vidas serem tão modificadas quanto a da mãe, laços se unem, antigas mágoas se quebram e surge uma oportunidade de cada uma encontrar o seu momento feliz, ainda que esse não seja o que elas esperavam ou queriam. Com uma trama cativante, personagens que encantam e um cenário familiar, As filhas da noiva é um chic-lit romântico dos melhores e consegue prender o leitor da primeira até a última página.

— Agora eu sei disso, mas na época não sabia. Tive que acreditar. — O sorriso voltou. — Sabe o que é engraçado? Não precisei acreditar nele. Precisei acreditar em mim. Tive que saber que seria forte o bastante para sobreviver ao que acontecesse. Porque amar alguém significa entregar seu coração completamente, e, quando você faz isso, não tem defesas. Está à mercê da outra pessoa.



Às vezes olho para um livro e sei de imediato que ele simplesmente será uma leitura que eu vou amar, e foi assim que aconteceu com As filhas da noiva. Então, assim que comecei não fiquei surpresa ao perceber que minha impressão inicial estava muito correta e que eu estava amando a leitura. Ele tem uma escrita completamente fluída, daquelas nas quais lemos seis, dez ou doze capítulos em um piscar de olhos e nem vemos o tempo passar, e é do tipo de livro que é difícil de largar e deixa saudade no final. No entanto, devo esclarecer para começo de conversa que As filhas da noiva não é um daqueles livros completamente surpreendentes, carregados de coisas inesperadas e que nos deixam de boca aberta, não, na verdade ele é um enorme clichê, com uma boa dose de açúcar, embora não tão excessiva, mas são as relações, as próprias vidas das personagens e seus dilemas que conseguem conquistar e tornar o livro tão bom, além,, é claro, da escrita muito fluída e dinâmica que a autora tem, o que contribui e muito para tornar a história tão gostosa.

Mas, o maior destaque que encontrei nessa trama foi a abordagem focada na vida das mulheres e seus dilemas, e embora temos os romances presentes, as mulheres e suas escolhas, decisões e batalhas formam o foco do protagonismo do livro, e achei isso incrível. Ainda, como dividimos o espaço entre as três irmãs e mais a mãe, conseguimos perceber coisas por diversos ângulos e nos deparamos com várias situações diferentes e passamos a entender as coisas por diversos pontos de vista, à medida que acompanhamos como cada uma das protagonistas se sente.

O cenário que foi escolhido também é um charme a mais, e eu sou apaixonada por coisas que se passam em cidades pequenas, então a cidade de Los Lobos me encantou de cara e me senti dentro de algo familiar, daquele estilo bem aconchegante. Além disso, mais um ponto bacana presente na trama, são os temas que são abordados de formas secundária como violência doméstica, déficit de aprendizagem, amor, perdão, dentre outros que tornam o livro ainda mais completo.

Aqui, mais uma vez, não encontro algo negativo a dizer em relação ao livro ou sua abordagem, porém, como amei tanto a história, gostaria que a autora tivesse se prolongado mais no final para que pudéssemos acompanhar mais intensamente os felizes para sempre das personagens. Ainda, sei que chick-lits são livros difíceis de agradar a todos, então talvez o que para mim foi uma obra deliciosa, para outro leitor pode ser um livro totalmente dispensável.

O protagonismo da obra ficou bem dividido entre as três irmãs, e vemos paralelamente as tramas sobre cada uma, o que desperta uma grande curiosidade e torna a leitura mais rápida, pois assim que acaba o trecho a respeito de uma delas, imediatamente queremos ler o que vem a seguir para voltar àquela irmã de novo para saber como tudo continua. Minhas favoritas foram Rachel e Courtney, e a história de ambas me cativou de igual forma. Rachel é determinada, batalha muito pelo que quer, mas ao mesmo tempo é muito cabeça dura e alto suficiente, o que deixa tudo difícil para si mesma em muitas vezes. Já Courtney é também muito determinada e também calada, e muitas vezes é massacrada pelas pessoas enquanto fica em silêncio. Admirei essa personagem demais pela sua força de vontade e por tudo que ela passou para chegar onde chegou, e fiquei muito satisfeita com o final de sua história. Já Sienna, a irmã do meio foi alguém que me irritou até os setenta por cento do livro mais ou menos. Eu não aceitei muito bem como ela reagia com Courtney, embora no final, devido tudo que ela passou e a forma como se redimiu meu coração deu uma amolecida em relação a essa personagem.

Quanto aos outros personagens, temos homens muito bem construídos e fofos no livro, e me encantei especialmente com Greg, ex marido de Rachel, e também com Quinn, neto de Joyce e alguém que terá papel especial na vida de uma das irmãs. E por falar em Joyce, essa é outra das várias personagens encantadoras que o livro traz, e é uma senhora muito enxerida as vezes, mas ela faz isso para o bem daqueles que ama, e fiquei maravilhada com a sua generosidade e bom coração. Ainda, há a mãe das meninas, Maggie, que foi uma personagem de quem gostei razoavelmente, embora não concordei com várias de suas atitudes, e Neil, seu noivo, que se mostrou um homem que toda filha desejaria para sua mãe!

As filhas da noiva é dividido em trinta e um capítulos, além de um complemento ao final chamado receitas, que traz algumas receitinhas deliciosas que nos deixam com água na boca. A narrativa da obra foi feita em terceira pessoa, e alterna entre a vida de Rachel, Sienna e Courtney.

Recomendo As filhas da noiva para quem busca uma leitura leve, descontraída, gostosa e cativante. Esse é um daqueles livros estilo sessão da tarde que tem o poder de deixar o coração quentinho e um sorriso no rosto do leitor.






Tamara Padilha
Leitora compulsiva com foco em quase todos os gêneros
(exceto os romances de época e ficção científica).
Apaixonada por escrita, e em breve bacharel em direito.
27 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

27 comentários:

  1. Uma resenha linda,quando crescer quero ser igual a você. Parabéns.
    Fiquei curiosa para conhecer os personagens, ou seja, vai para lista.
    Bjoo lindinha

    ResponderExcluir
  2. Olá! Eu li uma resenha deste livro há alguns dias, e as suas visões estão bem diferentes. Eu tive a impressão de que seria uma história bem dramática, cheia de sub-histórias, para que os tantos personagens pudessem resolver todas as pendências e problemas entre si, mas lendo sua resenha agora, tive uma outra visão. Aqui ficou claro que se trata de uma história leve, com leves dramas ao fundo, porém sem peso demais que deixe a gente numa bad.. Obrigada pela dica!


    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  3. Olá.

    Eu conheci seu blog agora (já estou seguindo também), mas conhecer através de uma resenha dessa foi INCRÍVEL! Sua resenha está carregada de emoção e sinceridade e me deixou ainda mais curiosa em ler essa obra! Adoro quando o tema é focado nas mulheres e os dilemas. Deixa a leitura ainda melhor! Sem contar que amo leituras leves e, sem dúvidas, esse livro seria prioridade na minha listinha.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  4. Sempre sinto amor pelas suas resenhas. Você fala tão bem que me deixa empolgada. Saio daqui com mais um livro na lista de desejados. Não conhecia o livro e agora fiquei curiosa para conhecer melhor esses personagens =D

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  5. Ooii tudo bem ?
    Amei a resenha eu tinha visto a capa e não tinha me interessado mais VC acabou me deixando com vontade de ler agora eu quero Jesus vou fica falida esse vai pra lista.

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. A história me lembrou um pouco a saga de repente,mas sem a sexualidade e provavelmente melhor escrito,amei a sua resenha, acho que descreveu muito

    ResponderExcluir
  7. Oi Tamara, tudo bem?
    Eu conheço esse livro por conta de várias resenhas positivas que já li. Acho que te entendo quando você diz que sabe quando um livro vai agradar o mesmo acontece comigo. Também gostei muito de os personagens masculinos terem sido bem construídos e fofos, adoro isso! É uma pena que você tenha gostado apenas razoavelmente da Maggie.
    Vou anotar a dica desse livro e espero não me decepcionar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Esse é um dos lançamentos que mais vejo comentarios positivos a respeito, de verdade, todo mundo acha essa obra um amorzinho e a maneira que a autora colocou os protagonistas, melhor ainda! Apesar da capa nao me chamar a atenção, só por isso eu to super animada haha

    ResponderExcluir
  9. Adorei a premissa do livro e me identifiquei muito com a situação de Rachel, pois já vivi uma situação idêntica como a dela e eu resolvi perdoar. Então saber o quanto o livro é fluido , mesmo sendo um clichê. Achei interessante esse protagonismo dividido e acho que é da vida mesmo a irmão do meio ser irritante kkkk. Brincadeiras a parte, eu gostei da resenha, deu vontade de ler o livro, então é dica anotada.

    Abraços
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá
    Já gostei do livro ao reparar que na capa o vestido das filhas da noiva eram para adultas, acho legal usar o casamento já na idade madura e fiquei encantada, e também fiquei curiosa com a forma que as filhas regem a esse momento

    ResponderExcluir
  11. Olá Tamara, tudo bem? Eu não conheço os livros mas, amei a sua resenha ela ficou muito linda, me deixou curiosa para ler a história. Eu simplesmente amo livros sobre relacionamentos familiares, é tão bom saber que todas as famílias tem problemas mas, no final tudo acaba sendo resolvido da melhor maneira possível.
    Bom, eu amei a sinceridade e emoção que você depositou na sua resenha!

    Beijos e Abraços VIVI
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  12. Oi, Tamara! Adorei a sua resenha, menina! Eu estou louca por esse livro, acho a capa dele maravilhosa e o enredo me atrai completamente.

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Parece ser daqueles livros bem fofinhos que levamos pra vida né? Gosto de uma leitura assim para suavizar leituras mais pesadas, e gosto muito dessa capa!

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  14. Já li muitas resenhas positivas deste livro e todas apontado como a leitura é gostosa. Vou me render e ler também.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  15. Oi Tamara tudo bem? Não conhecia o autor nem o livro, adoro livros que envolve dramas familiares, esse com certeza irei ler, fiquei pensando nos personagens que você citou e acho que vou dar boas risadas com essa trama, parabéns pela resenha, obrigado pela dica. Bjs!

    ResponderExcluir
  16. Olá Tamara, não conhecia esse livro, mas pelos seus comentários a leitura dele parece ser bem fluida e gostosa, de vez em quando é bom ler um livro com clichês e sem muitas inovações *-* Dica anotada.

    ResponderExcluir
  17. Olá! Tudo bom?

    Diferente de você eu não olhei pra esse livro pensando que iria amá-lo. Estou com ele aqui porém, e espero que minha opinião esteja completamente errada. Eu também amo coisas que passam em cidades pequenas, uma das coisas que mais amo na verdade. Vou tentar fazer essa leitura ao decorrer da semana, mas fiquei até um pouco animada depois de ler sua resenha ❤️

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Estou de olho nesse livro e muito interessada com esse desenrolar da trama. Já conhecia a escrita da Susan e a leveza de sua narrativa é muito atraente.
    Nessa história fiquei com a impressão de ser bem amorzinho e estou animada para me envolver com todas essas personagens.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  19. Oie, tudo bem?
    Sua resenha deve ser a terceira essa semana que leio sobre esse livro e foi a que mais definiu minha vontade de ler o livro! Rs
    Ele já estava na minha lista de leitura mas ainda não tinha sentido vontade de realmente lê-lo até sua resenha.
    Adoro clichês e a forma como vc descreveu esse livro parece ser um maravilhoso!

    Beijos
    Carol
    www.thereviewbooks.com.br

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem?

    Confesso que a premissa não me é muito atrativa, mas que a forma com que você apresentou sua opinião sobre o livro me deixou curiosa. Parece um livro meio clichê, mas quem disse que um clichê não pode ser bom, não é? Só lendo, eu sei. XD

    Beijo!
    Ana Luz.

    ResponderExcluir
  21. Oi, Tamara!
    Pronto, eu já queria esse livro, agora que fiquei sabendo das receitas, então... Adoro!
    Eu já li algumas resenhas a respeito dele e sei que pode parecer um romance mais do mesmo, mas mesmo tendo vários clichês, se a trama for bem construída, acaba se tornando uma história encantadora e cativante.
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  22. Oi.

    As vezes isso também acontece comigo: olho para um livro e sei que vou gostar dele. Este eu ainda não conhecia, na verdade, não conheço muitos livros da editora. Adorei o enredo da obra, parece ser bem legal e depois de ler sua resenha, deu muita vontade de ler.

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Também sinto essa energia com um livro rs' e adoro quando isso acontece, a leitura flui maravilhosamente. Estou com esse livro na lista de desejados, e adoro histórias com casamento como pano de fundo, adoro livros que mostram as mulheres e seus dilemas, suas decisões e conquistas. Espero poder ler em breve!

    beijos!
    https://blogminhaestanteliteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  24. Olá
    Acho que eu fui a unica que não gostou desse livro, acho que é porque não é o gênero que eu costumo ler. Adorei sua resenha muito bem escrita!
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Olá, tudo bem?

    Acho que essa é a primeira resenha que leio sobre o livro "As filhas da noiva", ficou bem legal por sinal, mas infelizmente o livro não despertou o meu interesse, eu (Yvens) não curto muito romances. Vou indicar para as amigas do blog.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  26. Eu estou com muita vontade de ler esse livro, essa é uma das primeiras resenhas dele que leio... Eu acho que a história tem tudo do que gosto e saber que vc amou, me deixa muito feliz!

    ResponderExcluir
  27. Oi Tamara.

    Sua resenha é a primeira que leio sobre este livro e mesmo que seja clichê, eu não importo com uma história com uma boa dose de açúcar, deste que ela seja bem contada e sua opinião mostra que é uma história legal de acompanhar. Vou adicionar na minha lista de desejados.

    Bjos
    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir

 
© Galáxia de Ideias, VERSION: 01 - BLUE UNIVERSE - janeiro/2018. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Widget inspirado/base do menu por MadlyLuv
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo